Círculo Monárquico de Ponta Grossa


Contato e comentários

Caros amigos monarquistas. Aguardem atualizações (agente moderador, parte II, dentre outros)! Por favor, comentem e, principalmente, contate-nos: monarquiapg@hotmail.com

Saudações monárquicas

Adriano



Escrito por Adriano P. Gulherme às 13h52
[ ] [ envie esta mensagem ]


O Agente Moderador (parte I)

(Adriano Pereira Guilherme, novembro 2002)

 

            Um homem que muito respeito disse-me certa vez que as diferenças, as adversidades, ou de maneira mais generalizada, que todas as divergências políticas fazem com que ocorra um crescimento, um melhoramento no cenário político e ideológico em questão, no caso, o cenário brasileiro.

            Sou obrigado a concordar, em parte, com esta afirmação. Realmente, é na exposição das idéias, expostas por várias fontes e analisadas por diversos prismas ideológicos, mesmo que de maneira contestatória e simplesmente leiga, que se exerce a plena democracia, pelo menos até onde ela é benéfica, ou melhor, quando estas diferenças se dão por racionalidade, e não por paixões efêmeras e por marketing. O fato do crescimento de ideário político através de divergências é bem vindo, desde que o bem comum seja atendido, sem a troca de diversidade ideológica por rixa política, de realidade por sofisma, de vontade por mesquinharia. Até que ponto estas divergências se tornam rixas e guerras ideológicas, fazendo com que toda a estrutura política venha a falir, é a questão mais séria a ser mostrada.

            É com convicção e embasamento que defendo a representatividade democrática somente através da eleição direta para o legislativo. A chefia de governo, obviamente, pelo caráter imediatista e responsável pela dinâmica de curto prazo normalmente deve seguir as tendências também efêmeras do povo, ou da “maioria” dele, o que se torna um tanto arbitrário levando em conta um pluralismo partidário inconseqüente. Enfim, a Chefia de governo deveria seguir os anseios imediatos da opinião pública, sendo a representante desta entidade pública abstrata, que chamamos de povo, salvo em períodos de crise grave, onde uma austeridade maior é exigida. Mas que tipo de sociedade barbarizada é esta que privilegia o efêmero em detrimento do perene? Que tipo de estrutura política é esta, onde as tendências quase modistas e exacerbadamente críticas agem desenfreadas? É o sistema político brasileiro, e “muito coincidentemente” o sistema político adotado pelos países menos desenvolvidos.

            Falta-nos o agente que visa a política de longo prazo, deixando de nos dar o modelo de político estereotipado, ou melhor, falta a peça que elabora a estratégia nacional perene, sólida, peça esta essencial para a evolução racional e equilibrada da sociedade como um todo. A este agente poderíamos chamar de agente moderador. A moderação política serve, como já prevista pelo nome, para moderar as incoerências e equilibrar as discrepâncias, tanto entre os poderes, quanto nos próprios poderes. O que acontece no nosso modelo político é uma sobreposição do executivo sobre o legislativo e o judiciário, e a conseqüente falência política e injustiça na representação, pois o legislativo não possui a força que deveria. Como não existe o agente moderador, a incoerência acaba prevalecendo, e também a falta de credibilidade e de prioridades nacionais, pois acaba ocorrendo a troca do crescimento de idéias pela guerra política. Então, vemos que este poder de moderar é extremamente importante, pois só assim o bem comum, - e não o interesse efêmero e parcial das facções - é realizado. É esta entidade moderadora que julga até que ponto as divergências são guerras ideológicas e rixas políticas, ou apenas diversidades políticas construtivas, racionais e legítimas.

 



Escrito por Adriano P. Gulherme às 16h31
[ ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]
 
Histórico
15/08/2004 a 21/08/2004
01/08/2004 a 07/08/2004
18/07/2004 a 24/07/2004




Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 Casa Imperial do Brasil
 Correio Imperial
 Círculo Monárquico de Fortaleza
 Grupo Monarquia do Brasil
 Círculo Monárquico de Belo Horizonte
 Círculo Monárquico de Curvelo
 Monarquia Vale do Paraíba
 Monarquia Barra Bonita
 Círculo Monárquico de Pernambuco
 Manifesto Pela Restauração da Monarquia Parlamentar no Brasil
 Argumento Monárquico
 Folha Imperial